Economia
Agricultura

Frutificar fornece linha de crédito para produtores de abacaxi

Para impulsionar essa produção de abacaxi, a Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento oferece a linha de crédito Frutificar para que o produtor rural possa impulsionar sua produção

Compartilhe:
06 de fevereiro de 2024
Matheus Gagliano
Frutificar fornece linha de crédito para produtores de abacaxi
Programa Frutificar auxilia na produção de abacaxi do estado, sobretudo no Norte Fluminense. Foto: Divulgação

Com a chegada do verão, o abacaxi se torna uma das frutas tropicais mais procuradas. Isso ocorre por conta das altas temperaturas e se destaca pelo grande potencial comercial e valor nutritivo. O ciclo da cultura, cuja produção se concentra especialmente no Norte Fluminense, leva de 12 a 24 meses e é produzido o ano inteiro, porém atinge o pico de produção entre os meses de agosto a dezembro. Para impulsionar essa produção, a Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento oferece a linha de crédito Frutificar para que o produtor rural possa impulsionar sua produção.

“Com o Programa Frutificar e o apoio da Emater-Rio (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Rio de Janeiro), os trabalhadores rurais têm acesso ao Agrofundo, um programa de fomento que serve de incentivo aos produtores que podem contar com a facilidade na obtenção de crédito a juros baixos para investimento e aumento da produção”, destacou Dr Flávio Ferreira, secretário de Agricultura.

Além do abacaxi, coco, uva, citros e goiaba, também fazem parte do Frutificar. Até o momento, o programa ultrapassou o valor de R$ 1,140 milhão em empréstimos. O produtor rural tem à disposição o valor máximo R$ 100 mil, com juros de 2% e prazo para pagamento de até 6 anos, sendo 2 anos de carência.

Frutificar ajuda produtores do estado

Segundo a Emater-Rio, o Rio de Janeiro tem aproximadamente 960 produtores da fruta. Somente no ano passado, foram produzidos cerca de 255 mil toneladas de abacaxi. O município que mais se destaca na produção é São Francisco de Itabapoana, seguido de São João da Barra e Campos dos Goytacazes. Essas regiões possuem topografia plana, o que facilita o plantio, de acordo com a Secretaria de Agricultura.

A variedade mais cultivada da fruta é do tipo pérola, muito apreciada para consumo in natura e correspondem 95% das frutas que saem dos pomares. A variedade Smooth Cayene é responsável pelos outros 5%.

O produtor Luciano Monteiro de Almeida, do município de São João da Barra, produz a variedade do abacaxi pérola há 16 anos. Com 70 mil pés da fruta, utilizou o Frutificar para impulsionar sua produção.

“Nesta época do verão a procura pela fruta aumenta significativamente. Graças ao Frutificar, foi possível investir na área de plantio com irrigação e na compra de insumos para dar mais qualidade ao produto e assim aumentar minhas vendas”, explicou ele.

O abacaxi pode ser consumido in natura, além de ser utilizado na fabricação de sucos, doces, geleias, vinhos, licores, vinagres, xaropes, sorvetes. A fruta é versátil e muito popular, está entre as dez favoritas no consumo mundial.

Para solicitar a linha de crédito Frutificar, o produtor rural deve entrar em contato com o email: agrofundo.rio@gmail.com.


Quer receber esta e outras notícias diretamente no seu Whatsapp? Entre no nosso canal. Clique aqui.