Capital
Saúde

Rio inicia a vacinação contra a dengue

A vacinação contra a dengue começou na cidade do Rio de Janeiro, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). A imunização se dará de maneira escalonada.

Compartilhe:
23 de fevereiro de 2024
Matheus Gagliano
Rio inicia a vacinação contra a dengue
Vacinação contra a dengue começará pelas crianças

A vacinação contra a dengue começou na cidade do Rio de Janeiro, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). A imunização se dará de maneira escalonada, para a faixa de 10 a 14 anos, conforme diretrizes do Ministério da Saúde. A campanha começará pelas crianças de 10 anos, que poderão se vacinar a partir desta sexta-feira (23), a partir das 14h, em qualquer uma das 238 unidades de Atenção Primária do município.

A faixa de 11 anos será contemplada a partir da próxima quarta-feira (28), e os demais grupos terão suas datas anunciadas nos próximos dias. Atualmente, a cidade conta com polos de atendimento, sendo o mais recente inaugurado esta semana na Ilha do Governador, na Zona Norte da capital fluminense.

Outros dez pontos foram inaugurados pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) nos bairros de Curicica, Campo Grande, Santa Cruz, Del Castilho, Bangu, Madureira, Complexo do Alemão, Botafogo, Tijuca e Benfica para o enfrentamento da epidemia, com funcionamento de domingo a domingo, das 7h às 19h.

Rio teve ação contra dengue

Durante este mês, a Secretaria de Saúde realizou trabalhos de prevenção às arboviroses (dengue, zika e chikungunya) e de controle vetorial. Nas atividades, que terminam nesta sexta-feira, foram contemplados 17 bairros das zonas Norte, Sul, Oeste e central da cidade, com ações conduzidas por agentes de vigilância ambiental em saúde.

Em 2023, foram realizadas 11,2 milhões de vistorias em imóveis para controle e prevenção de possíveis focos do mosquito, com eliminação ou tratamento de mais de 2,1 milhões de recipientes.

A SMS também realiza ações educativas e de mobilização social para orientar a população sobre as medidas para a prevenção de arboviroses urbanas, visando despertar a responsabilidade sanitária individual e coletiva. Quando necessário, a população pode fazer pedidos de vistoria ou denunciar possíveis focos do mosquito da dengue pela Central de Atendimento da prefeitura, no telefone 1746.


Quer receber esta e outras notícias diretamente no seu Whatsapp? Entre no nosso canal. Clique aqui.